domingo, 10 de março de 2013

RPG ALIVIA DORES E TENSÕES DECORRENTES DA MÁ POSTURA

Dores nas costas, dificuldade de movimentação e, às vezes, até dor de cabeça são resultado, em muitas situações, de um mesmo problema: má postura. Falta de cuidado ao se sentar, ao se deitar e, principalmente, durante o trabalho acabam contribuindo para que a coluna fique desalinhada e, como consequência, causando desajustes ao longo de todo o corpo. “Quando você não presta atenção no seu corpo, provoca sobrecarga em algumas regiões e elas respondem com dores”, afirma a fisioterapeuta Sheila Carollo, com formação em RPG (Reeducação Postural Global). Sendo assim, de nada adianta tomar analgésicos sem agir no problema principal, que é a correção dos seus movimentos e o alinhamento do corpo em repouso. Mas como funciona um tratamento postural à base de RPG? Descubra com as dicas e pense nele como alternativa para o seu bem-estar. 


1. Respiração: tomar consciência da respiração faz parte da sessão de RPG. Conforme o profissional manipula seu corpo para ajustar músculos e articulações na posição adequada, você vai prendendo e soltando o ar de acordo com as orientações. A respiração ajuda no relaxamento de tensões acumuladas e favorece o realinhamento postural.
2. Alongamentos: em algumas situações, a má postura é resultado de músculos contraídos em excesso (por falta natural de alongamento ou por excesso de tensões). Após fazer uma avaliação do seu caso, chamada anamnese, o especialista identifica os pontos que exigem um trabalho maior de alongamento e flexibilidade, ajudando você fazer os movimentos sem realizar compensações em outras regiões do corpo.
3. Trabalho postural: é muito comum a situação em que o corpo tem condições de se manter no alinhamento adequado, mas adota outro modelo por vício postural. Trata- se de uma escolha praticamente mecânica, que precisa ser desfeita e substituída por outra. O trabalho de consciência corporal dá propriedade sobre os seus movimentos e também sobre seu estado de repouso. Aos poucos, sem a necessidade de um profissional, você começa a notar quando está andando em desalinho ou forçando demais alguma articulação.
4. Atenção individual: a técnica do RPG é muito meticulosa e envolve uma série de observações, por isso o profissional não dá conta de trabalhar mais de um paciente ao mesmo tempo. Todos os gestos são avaliados e também existe manipulação corporal, corrigindo os desvios e ajustando o corpo ao equilíbrio.
5. Intervalos regulares: durante anos, seu corpo esteve acostumado ao desalinhamento. A correção desses padrões dá trabalho e exige muita determinação no início. A naturalidade das novas posturas e dos movimentos alinhados só surge com o tempo, daí a necessidade de disciplina rigorosa com as sessões. No tratamento tradicional, elas acontecem uma vez por semana e duram cerca de uma hora. Também é comum os especialistas passarem exercícios para serem feitos em casa, eles potencializam os efeitos das sessões e aceleram o alívio de dor em pacientes com queixas desse tipo.
6. Observação em tempo integral: a partir das orientações que você recebe durante as sessões, passa a observar como seu corpo se comporta em situações de rotina (como ao dormir ou ao se sentar para ver televisão). Esse olhar crítico sobre si mesmo é uma das principais ferramentas do trabalho de reeducação postural. Sozinho, você mesmo já consegue promover ajustes de postura que fazem diferença imediata.

beijos
Carol Foltran
Postar um comentário